Renda extra, desafios, seguidores e vida que segue

Os títulos dos meus posts algumas vezes são basicamente um resumo de tudo que irei falar, então não se assuste se por acaso ele não fizer sentido algum! hehe

Há algum tempo desenvolvi um projeto pessoal para fazer uma renda extra (claro!). Basicamente enxerguei um problema, pensei à respeito, coloquei em prática meus conhecimentos com a tecnologia e voilà: mais um unicórnio brasileiro nascendo! 🙏

Quem dera se tudo ocorresse da maneira como gostaríamos, mas a vida é assim e já falei um pouco sobre isso em um post.

A vida é desafio, Racionais MC’s

Confesso que pensei que seria mais fácil conseguir clientes, já que meu serviço é barato (menos de R$ 40,00), paga-se apenas uma vez e têm resultados por um bom tempo!

Com pouco mais de 5 meses consegui 2 clientes e cerca de 10 leads (entenda como um usuário que respondeu minha mensagem e demonstrou interesse, porém não avançou, ao menos ainda).

Meus gastos (investimentos) até então foram:

  • Domínio/WWW (R$ 40/ano);
  • Hospedagem (Informação oculta);
  • Chip de celular (R$ 10,00);
  • 2500 panfletos (R$ 130,00);
  • Recarga (R$ 10,00 a cada 2 meses para não perder o número).

Investimentos futuros:

  • R$ 100,00 para distribuir 1000 panfletos.

Infelizmente não existe fórmula mágica para um negócio alavancar, ou às vezes até tem, basta ser bobo (sim, isso é subjetivo) e que atraia a multidão (de ignorantes?!), vide exemplos: [1] [2].

Mas sou brasileiro e não desisto nunca…

A persistência é o caminho para saber se algo vai dar certo, além de que devemos mensurar os erros/acertos e melhorar os pontos que necessitam, claro, afinal dar murro em ponta de faca não rola, concorda? Só você saberá quando continuar e quando parar, só não vale desistir no primeiro degrau.

Seguidores

Estou pensando seriamente que foi uma burrice ter comprado domínio para este meu projeto pessoal de renda extra e colocado um site no ar, já que a maioria das pessoas hoje estão no Instagram e Facebook, então deveria ter focado nisso e economizado uns trocados, quem sabe até mesmo comprado seguidores, já que é isso que conta hoje em dia, infelizmente! Se uma página possui muitos seguidores já é um ponto positivo. Os outros pontos você ganha com um conteúdo interessante e que agregue (ou não?!) e com publicações profissionais (ou não?!).

Leandro Karnal

Em linhas gerais é como ouvi em uma palestra do Leandro Karnal onde ele fez uma analogia que antes o que contava no currículo de um determinado profissional (um médico, por exemplo) eram os livros que ele havia escrito e os seminários que havia participado… Mas hoje em dia o que “conta” é o quanto aquele profissional influencia a massa e o quanto ele possui de seguidores.

Minha atuação hoje é grande no Instagram e até então foi de lá que vieram meus clientes, então creio que o foco deve continuar lá. Não fechei com nenhum cliente através do site, mesmo contendo todas as informações, FAQ e direcionamento para o pagamento.

Como faço atualmente:

  • No decorrer do dia sigo vários perfis variados;
  • Filtro os que aceitaram e são perfis comerciais;
  • Curto várias fotos desses perfis;
  • Envio mensagem padrão de apresentação;
  • Deixo de seguir os que me seguiram;
  • E continuo este processo diariamente.

Não é o certo a se fazer (para não tomar bam do Instagram), mas vida que segue.

Tem algo para acrescentar? Fique à vontade nos comentários!

That’s all folks!

Um mundo onde todos são iguais

Parece que o futuro chegou mais rápido do que pensávamos, pois estamos rodeados de robôs programados para fazer as mesmas coisas diariamente.

Não sei vocês, mas grande parte dos meus “amigos” (vulgo seguidores) fazem as mesmas coisas; postam as fotos de comida, de piscina, foto sorrindo e com “frase positiva” na legenda e no story, mas isso não é nada comparado aqueles vídeos curtos (boomerangue) em que realmente parecem robôs com pane no sistema e ficam repetindo os movimentos como idiotas, para trás e para frente; abrindo e fechando a boca e por aí vai. PQP! Aquilo ali pra mim é o fim.

Parece não haver mais identidade (na verdade hoje em dia tem mais identidade do que países existentes, né?! Deixemos pra lá… :P); a maioria se veste igual, vai nos mesmos lugares e fazem as mesmas merdas para se sentirem “cool”, e ai de você se não fizer, pois irão taxá-lo de ignorante, burro tecnológico e até mesmo mão de vaca.

Fernando Collor ⏳🇧🇷 on Twitter: "Pessoal, no #tbt de hoje relembro o fim  da aventura nuclear que queriam colocar o Brasil. Como presidente da  República, em ato público, no dia 19 de
Collor jogando a última pá de cal

Para finalizar minha indignação da qual não posso gritar aos quatro ventos por aí para não ser internado em um hospital psiquiátrico, fico triste ao ver o caminhar da humanidade e a expansão de apps como TikTok e Kwai, que parecem feitos propositalmente como forma de emburrecer o povo. Vejo-os como a última pá de cal sobre a humanidade.

Lembre-se que o que temos de mais precioso enquanto estamos aqui é o nosso TEMPO. Não temos como comprar tempo; o minuto passado já passou e não volta.

Papai dos Investimentos

Quando nascemos já temos um contador regressivo do qual nunca saberemos em qual posição ele está; pode ser que haja apenas 1 hora restante, quanto pode ser que você ainda tenha 16.425 dias de vida… Nunca saberemos.

Então valorize o seu tempo e pare de ver idiotices e de deixar idiotas ricos através de views.

Papai dos Investimentos

That’s all folks!