Golpes digitais, sequestro-relâmpago e o bendito PIX

Com a novidade do PIX vieram algumas facilidades, porém, em contrapartida surgiram diversos golpes digitais e até mesmo a volta (ou aumento) do sequestro-relâmpago. Realmente o Brasil não é para amadores, como dizem por aí.

Diante disso agora os bancos estão limitando os valores até R$ 1000,00 para transferências durante a noite, entre 20h e 06h, para tentar coibir este último tipo de crime. É possível solicitar o aumento do limite, mas isso também requer a espera de um prazo que varia de 24h a 48h, justamente para evitar que um bandido faça a solicitação e o aumento fique disponível na hora.

Também há a opção de cadastrar previamente algumas contas que podem receber valores além do limite.

Para mais informações acesse: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/08/27/apos-sequestros-relampagos-bc-divulga-novas-regras-de-seguranca-para-pix.htm

Como EU me protejo?

Por mais que eu não seja nenhum ricaço que mora em uma mansão na zona sul da cidade e desfila em um carro de 300k, fiz algumas mudanças para evitar (ou minimizar) qualquer surpresa desagradável, seja sequestro ou roubo digital, afinal eu suei e continuo suando muito para ganha-lo.

Alguém disse proteção?

O que eu fiz:

  1. Diminui o valor da LIS disponível (tinha mais de R$ 5.000,00 pré-aprovado; agora tenho R$ 300,00). Recordando o passado utilizei LIS em raras ocasiões e mesmo assim valores abaixo de R$ 100,00 e que eu pagava no mesmo dia;
  2. Retirei parte do dinheiro da poupança que era uma reserva de emergência e coloquei em um CDB onde consigo sacar com 2 dias após a solicitação. Então fico praticamente zerado na conta corrente/poupança. Outro montante da poupança coloquei no Tesouro;
  3. Cancelei o empréstimo pré-aprovado no banco (+ de R$ 30.000,00).

VERDADE SEJA DITA: OS BANCOS QUEREM QUE VOCÊ SE FODA. LIMITES EXORBITANTES E QUE MUITAS VEZES NÃO CONDIZEM COM A SUA REALIDADE, DIGA-SE HOLERITE.

NÃO SE ENGANE ACHANDO QUE O BANCO É “BONZINHO”.

Papai dos Investimentos

Dicas para evitar (ou minimizar) surpresas

  1. Não saia clicando em tudo quanto é link/site na internet, seja no computador ou no smartphone, principalmente enviados por SMS;
  2. Antivírus no computador e no smartphone é o mínimo para sua segurança digital;
  3. Cuidado ao instalar apps/jogos pouco conhecidos em seu smartphone e fique atento as permissões que o mesmo solicita;
  4. Mantenha sua foto do WhatsApp disponível apenas para seus contatos (Configurações > Conta > Privacidade > Foto do perfil);
  5. Habilite a confirmação de duas etapas (Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas);
  6. Desconfie SEMPRE que algum conhecido te pedir dinheiro no WhatsApp. Ligue para a pessoa (por ligação e não por ligação do WhatsApp) e confirme se é realmente a pessoa que está pedindo emprestado; vale até mesmo fazer uma chamada de vídeo neste caso;
  7. Habilite o PIN no seu chip. Dessa forma sempre que colocarem o seu chip em um celular ou reiniciar o seu, deverá informar o código para que consiga utilizá-lo. Este procedimento varia em cada sistema operacional, então consulte o Google.

Essas são dicas simples mas que muitas pessoas ainda pecam.

Mais dicas de segurança: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/quiz/faca-o-teste-e-descubra-se-sua-conta-no-whatsapp-esta-protegida.ghtml

Dica suprema

Ainda não implementei essa dica, mas faz total sentido e realmente te protege de qualquer sequestro: um celular extra.

O celular das finanças e com apps de corretoras, bancos, etc., fica em casa e só é utilizado para o que realmente deve ser feito com ele.

O celular da diversão fica com você 24h e tem os apps de comunicação, jogos e firulas (talvez até o app de um banco “desses aí menos conhecidos” e com R$ 0,00 na conta). Então se te roubarem/sequestrarem, dos males o menor.

Tem alguma dica? Compartilha aí com a gente!

That’s all folks!